6 Dicas de Defesa Pessoal Para Mulheres

Diante do aumento do número de feminicídio que experimentamos a cada ano, você deve ver estas 6 dicas de defesa pessoal para mulheres.

defesa pessoal
Imagem de klimkin por Pixabay

Além do feminicídio, as mulheres sempre sofreram com a violência de várias outras formas e em diversos tipos de ambientes.

Por isso, é necessário usar de alguns artifícios na tentativa de se defender e evitar situações mais graves.

De acordo com dados publicados pelo IPEA em 2016, uma mulher é estuprada no Brasil a cada 11 minutos.

É uma pena que a cultura do estupro ainda seja uma realidade aqui no Brasil e justamente por isso devemos nos cuidar para não virar mais uma nas estatísticas.

É óbvio que o correto seria que os homens tivessem a consciência de que não somos sua propriedade e que não têm direitos sobre o corpo da mulher.

No entanto, esta é uma luta travada pelo movimento feminista que está longe de ser vencida.

Desse modo, vamos falar neste post sobre técnicas de defesa pessoal para mulheres e que realmente pode ajudar a salvar vidas.

O Que Você Deve Saber Antes de Aprender Defesa Pessoal Para Mulheres

Bem, estamos falando sobre técnicas que mexem muito com nosso corpo e mesmo que seja um benefício enorme, é necessário ter em mente algumas questões:

Corpo em forma

Ok. Sem dúvida é fundamental saber se defender de alguma forma quando estiver em perigo.

Entretanto, técnica alguma será realmente eficaz se a mulher não estiver em forma para executá-la.

Portanto, procure manter o físico em forma, pratique atividades físicas regularmente, mesmo que seja apenas uma corrida.

Busque ajuda profissional

Não importa a modalidade de defesa pessoal para mulheres que pretenda fazer, é fundamental buscar ajuda com um profissional habilitado r de confiança.

Não tenha medo do medo

Com toda a certeza, quando pensamos em situações de perigo, uma das primeiras sensações é o medo.

No entanto, você precisa entender que isso é uma reação natural do ser humano. Todos nós sentimos medo.

Desse modo, procure não lutar contra ele, o importante mesmo é não ficar histérica e não se paralisar com o medo.

Para isso, lembre-se sempre que a adrenalina que nosso organismo libera em situações de perigo nos promove mais força.

Todo Obstáculo Possui um Calcanhar de Aquiles: Por certo, algumas vezes nos encontramos em desvantagem em relação ao físico, mas isso não é o fim.

Uma das lições que você aprenderá nas aulas de defesa pessoal para mulheres é que não deve deixar o inimigo tomar o controle da situação.

A forma mais precisa e eficiente de fazer isso é atacando em áreas estratégicas, onde o cara sentirá mais dor, por exemplo:

  • Virilha
  • Olhos
  • Nariz
  • Cintura
  • Pomo de Adão
  • Oco dentro das coxas
  • Tíbia
  • Plexo solar
  • Mandíbula
  • Joelho
  • Esterno
  • Partes íntimas

Sem dúvida, são áreas do corpo que quando atingidas nos deixam desnorteados.

Mas não é só isso, as mulheres são sempre consideradas o sexo frágil, então use o elemento surpresa a seu favor. Ele pode não esperar que você saiba atacar.

A Prevenção é o melhor remédio

Tudo bem que não devemos deixar de viver por medo dos agressores, mas o fato de aprender a se defender não significa que podemos relaxar.

Por conseguinte, precisamos evitar situações de perigo, como áreas com pouca circulação, principalmente em determinados horários.

Caso não tenha jeito, tente andar acompanhada e quando não for possível, ande rápido, e não demonstre medo.

Confira Dicas de Defesa Pessoal Para Mulheres

lutando
Imagem de Steve Buissinne por Pixabay

Preparada para aprender algumas técnicas importantes de defesa pessoal para mulheres? Confira a seguir.

1.   Técnica da Distância

Em se tratando de autodefesa, saiba que não é necessariamente obrigado lutar para se livrara de situação de perigo.

Portanto, se você não é uma profissional de artes marciais ou lhe falta força física, é melhor se distanciar do agressor a tentar acertá-lo.

Dica de ouro em se tratando de defesa pessoal para mulheres, já que eles quase sempre são maiores.

Esta técnica pode te dar tempo suficiente para correr e pedir ajuda, se for o caso.

Lembre-se sempre de manter-se o mais longe possível do cara e fique atenta ao menor sinal de ataque.

2.   Não Faça Movimentos Retos a Fim de Escapar

Uma das agressões decorrentes que os homens usam contra mulheres é puxar pelo braço.

Naturalmente a primeira reação é puxar o braço, mas isso não deve ser feito.

Faça justamente o contrário e aproxime-se do agressor tentando derrubá-lo ou torça seu braço.

A ação deixará o mesmo desorientado te dando alguns segundos, quando deve pensar no que próximo passo.

3.   Use o Cotovelo

Outra dica de defesa pessoal para mulheres ajuda a se defender do principal tipo de agressão nesses casos – Soco no rosto.

O cotovelo é uma das partes mais fortes do nosso corpo e deve ser utilizado por mulheres na hora de se defender contra os socos.

Assim sendo, coloque as mãos atrás da cabeça e junte os cotovelos na frente da face.

Ao mesmo tempo empurre o agressor, ou ficará sem forças e não conseguirá de proteger.

4.   Ataques Por Trás

Também acontece muito das mulheres serem atacadas de surpresa e por trás.

Uma maneira eficaz de se proteger desse golpe é se agachando rapidamente e girando o quadril para o lado.

Em seguida atinja seus órgãos genitais usando a palma da mão aberta. Imediatamente o agarrão se afrouxará.

O próximo passo aqui é empurrar o agressor o mais longe possível e depois correr pedindo por ajuda.

5.   Use Também os Joelhos

Por fim, caso seu agressor fique muito próximo a você e segure seus braços, a dica é atacar por baixo.

Mantenha-se em posição bem equilibrada e use o joelho nas partes íntimas ou na virilha dele.

6.   Corra e Grite, se Possível

gritar
Imagem de mohamed Hassan por Pixabay

Não poderia deixar de falar sobre isso em um post sobre defesa pessoal para mulheres.

Afinal, o intuito destas técnicas é evitar que o agressor lhe renda e chegue às vias de fato.

Contudo, não se trata de medir forças com ele. Você deve se livrar da agressão e correr assim que puder.

Gritar e pedir ajuda são outras estratégias que costuma afastar os agressores.

Então, e sua opinião existe outra coisa que as mulheres podem fazer a fim de evitar as agressões? Deixe sua ideia no comentário abaixo e ajude outras manas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianJapanesePolishPortugueseRussianSpanish