5 Tipos de Assédio Que os Homens Acham Que Não São

Você sabe diferenciar uma abordagem ou cantada de assédio? Confira neste artigo 5 tipos de assédio contra a mulher que os homens acham que não são.

tipos de assédio | Mulher irritada, apontando, câmera
Fonte: Freepik

Seguramente é bem menos difícil falar sobre assédio hoje em dia do que há alguns anos.

No entanto, a discussão sobre o assunto ainda encontra-se longe de se instabilizar.

Isto porque existe uma linha muito tênue que separa uma cantada do assedio e muitas pessoas ainda não conseguem identifica-la.

Principalmente os homens que já estão acostumados a abordar mulheres de qualquer forma e até as mesmas acharem isto natural.

São atitudes enraizadas no imaginário de cada um de nós, trata-se de algo cultural que precisa realmente ser descontruído.

Desse modo, o papel das mulheres e feministas é tornar todo esse processo óbvio para ambas as partes.

As mulheres precisam saber identificar quando são desrespeitadas, pois algumas vezes os tipos de assédio aparecem disfarçados.

Por outro lado, os homens também devem ser desconstruídos a fim de entender quando passa dos limites com uma mulher.

Com toda a certeza não estamos diante de uma jornada fácil, tão pouco rápida.

Vai levar muito tempo até que a sociedade por inteiro perceba as violências sofridas por cada mulher diariamente, mas este texto é uma das estratégias que buscam acelerar tal processo.

Veja na íntegra alguns tipos de assédio cometidos e contra as mulheres e que os homens acreditam que não é.

5 Tipos de Assédio Que Homens Não Acham Que São, Mas São – Leia e Saiba Identificá-los

tipos de assédio | Mulher irritada com cabelo no rosto
Fonte: Phduet

Por certo, o feminismo tem muito a nos ensinar, pois muitas agressões e violências estão nas entrelinhas.

A linha que separa vários tipos de assédio com uma simples abordagem é tão tênue que passa despercebida. Veja exemplos a seguir:

1. Roubar um Beijo na Balada

Se costuma frequentar as baladas, sem dúvida, já deve ter passado por esse tipo de situação ou já viu outra mana passando.

Imagine só… Se eles já se sentem no direito de fazer o que querem com as meninas por conta da criação machista que receberam, com álcool na cabeça a coisa piora.

Dentre os vários tipos de assédio este é um dos corriqueiros e que sequer as mulheres reconhecem como um desrespeito.

Homem algum acha que roubar um beijinho na balada é assédio, mas o feminismo nos mostra que no imaginário geral, uma garota na balada “tá querendo”.

Ela praticamente pede para ser estuprada, então um beijinho não tem problema.

Por outro lado as moças costumam encarar este abuso com lisonja, já que na maioria das vezes existe uma disputa entre elas.

2. Se Desculpar Com um Cara Por Ter Dado Em Cima de Sua Companheira

Um dos tipos de assédio bem comuns sem dúvida é essa coisa de sair dando em cima.

Normalmente um cara não se dá ao trabalho de observar a mulher com atenção om o objetivo de saber se a mesma deseja ser cortejada.

Não querem saber se a situação é propícia, se a pessoa está sozinha ou esperando por alguém etc.

Afinal, se uma menina não está acompanhada por um homem ele precisa urgentemente de um.

Desase modo, muitas vezes o companheiro se ausenta do local e logo um desavisado se apressa em abordar a mulher e assim que o namorado ou marido aparece é um susto.

Hora, quem foi constrangida? A moça obviamente!

Entretanto, quem recebe o pedido de desculpas é sempre seu companheiro e sabe o por quê? Porque tratam as mulheres como propriedades dos homens.

Portanto, se alguém pedir desculpas ao seu namorado ou marido por ter dado em cima de você ou mesmo por ter pisado no seu pé, o feminismo entende como um dos tipos de assédio.

3. Se Revoltar Porque A Moça Não Quis Ficar ou Transar

Não deveria, mas este é um dos tipos de assédio que os rapazes cometem e acham que não é.

Como alguém pode achar que qualquer pessoa tem a obrigação de transar sem vontade?

Na verdade, a sociedade não faz isso com o homem, mas somente com a mulher.

A cultura machista nos diz todos os dias que os outros é que são donos do nosso corpo, desse modo, não podemos negar absolutamente nada.

Uma moça deve estar sempre pronta a dizer sim sempre que um cara desejar, contudo o feminismo diz que não!

Sendo assim, sempre que o rapaz fizer cara feia ou resmungar por ter levado um não, explique a ele que “seu corpo, suas regras”.

É necessário fazer com que eles caiam do pedestal e entendem que não são nossos donos e que não estamos ao seu dispor.

4. Proibir a Companheira de Usar Roupa Curta

Mulher que usa roupa curta ou muito decotada é puta? Não mesmo!

Ninguém pode te dizer o que deve ou não vestir, afinal o corpo é seu e só você sabe o que te deixa confortável e se sentindo bem.

Sendo assim, saiba que seu namorado não é seu dono. Ele que escolha as próprias roupas e te deixe em paz.

Ah! Mas as pessoas vão ficar te olhando, os homens vão ficar mexendo na rua…

Todas as pessoas que agirem desta forma estão erradas e isso é no mínimo preconceituoso.

Portanto, se tem um companheiro que pensa e age dessa forma, informe-lhe que isto é machismo, é um dos tipos de assédio mais nojentos.

E mais, avise que estupradores e assediadores não atacam mulheres por causa de suas vestimentas e sim porque são criminosos e não têm caráter.

Já trocou de roupa para agradar o boy? Pare imediatamente de fazer isso!

5. Tirar Foto de Uma Mulher Sem Ela Saber

Sem dúvida estamos diante de um dos tipos de assédio mais graves na atualidade.

Diante das altas tecnologias dos dispositivos móveis e a facilidade em adquiri câmeras, as meninas estão sempre ameaçadas.

Em primeiro lugar tirar foto de uma moça sem seu consentimento é sim assedio e também crime.

Por isso o feminismo também procura combater esta prática nociva.

De acordo com a constituição brasileira, existem dois casos: O primeiro é quando alguém tira a foto e expões para o público. Isso é considerado crime que pode ser punido com até 1 ano de prisão.

No caso de fazer uma imagem sem a intensão de expor é considerado infração, mas cabe a mesma forma de punição.

Desse modo, caso perceba que um homem está lhe filmando ou tirando foto, chame a polícia!

Tudo bem que trata-se de um dos tipos de assédio mais difíceis de provar quando não existe exposição, pois o cara pode apagar as imagens e pronto.

Contudo, testemunhas que estejam no local podem te ajudar e vale o susto neh?

Estes foram 5 tipos de assédio que os carinhas cometem e acham que é normal. E você já sofreu outro tipo de desrespeito? Deixe aqui nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *